Carregando Eventos

« Todos Eventos

  • Este evento já passou.

Cortejo de Memória da Zona Sul

18/08 às 14:00

Livre

Organizada pelo Departamento do Patrimônio Histórico da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, a Jornada do Patrimônio tem como principal objetivo estimular a população a reconhecer os patrimônios históricos e culturais paulistanos, que tratam da memória e identidade dos diferentes grupos sociais presentes na cidade.
A Jornada do Patrimônio 2019 vai celebrar todos os cantos da cidade de São Paulo, por meio das histórias, memórias, pessoas e lugares que traduzem o nosso patrimônio histórico e cultural.

O objetivo é compartilhar e fortalecer iniciativas de valorização do patrimônio cultural paulistano que procuram trabalhar os distintos territórios, evidenciando as particularidades históricas e aspectos contemporâneos das cinco regiões da cidade: centro, norte, sul, leste e oeste.

O projeto de “cortejos de memória” para a Jornada do Patrimônio 2019 nasceu a partir dos diversos encontros realizados pelos diversos territórios da cidade de São Paulo como o projeto Patrimônio em Debate, encontros que promove o diálogo entre o corpo técnico do Departamento do Patrimônio Histórico (DPH) com a população local.

Ao longo de seis meses realizando os encontros nas cinco regiões macros da capital paulista, foi possível identificar os diversos grupos de manifestações culturais desses lugares, bem como profissionais e pesquisadores que pudessem contar essa história e jogar luz sobre os lugares da memória paulistana e seus diversos aspectos históricos e contemporâneos.

Um espetáculo a céu aberto, o cortejo da memória da zona sul vai percorrer as ruas da Santo Amaro histórica, como um grande roteiro de memória material e imaterial.

Para dar vida ao espetáculo, convidamos alguns grupos expressivos da região para conduzir esse roteiros artístico.

Numa imersão às memórias da região sul, Paulo Eiró (interpretado por Camilo Torres), guiará o público presente através dos importantes edifícios e monumentos históricos de Santo Amaro. A memória imaterial ficará à cargo das atrações que o Cortejo de Memória da Zona Sul propõe: Maracatu Ouro do Congo abrirá a atração, trazendo a diáspora africana para a pauta, retratando culturalmente as danças de pretos velhos que migraram como escravos para a Zona Sul.

Júlio Guerra, artista plástico de grande relevância local, será retratado através do boneco gigante, criado por Ricardo Cruz.

Os indígenas de parelheiros serão representados por Kunumi MC, Rapper Krukutu, que cantará suas rimas de protesto e que marcam a pauta territorial.

A liturgia das Romarias de Santo Amaro, que existem há mais de 60 anos, trarão cavaleiros para ressaltar a pregação de Bom Jesus de Pirapora, típico nas migrações e cavalgadas desde meados dos anos 50.

Cortejo de Memória da Zona Sul

Detalhes

Data:
18/08
Hora:
14:00
Preço:
Livre
Evento Categoria:

Local

Centro Cultural Municipal de Santo Amaro
R. Antônio Bandeira, 114 - Vila Cruzeiro
São Paulo, SP 04726-030 Brasil
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support